Animais Fantásticos

Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald | Critica

Os fãs da franquia Harry Potter acreditaram que ficariam órfãos do mundo mágico após o ultimo filme, Harry Potter e as Reliquias da Morte Parte 2, de 2011, mesmo tendo conteúdo no site oficial deste universo, o Pottermore, ainda assim não era bastante para os fãs, era preciso algo mais “palpável”, como por exemplo, um livro que viesse da genialidade de J.K Rowling. Após cerca de cinco anos abandonados pelo mundo bruxo, eis que chega aos cinemas, Animais Fantásticos e Onde Habitam, não era um livro como muitos gostariam, tão pouco uma adaptação do livrinho de criaturas mágicas de Newt Scamander, mas sim, uma produção direcionada totalmente para o cinema, com uma narrativa vinda da mente brilhante de Rowling. Com todos os erros e diversos acertos, o filme foi um sucesso, agradou diversos fãs e também foi abandonado pelos saudosistas.

Os fãs da franquia Harry Potter acreditaram que ficariam órfãos do mundo mágico após o último filme, Harry Potter e as Reliquias da Morte Parte 2, de 2011, mesmo tendo conteúdo no site oficial deste universo, o Pottermore, ainda assim não era bastante para os fãs, era preciso algo mais “palpável”, como por exemplo, um livro que viesse da genialidade de J.K Rowling. Após cerca de cinco anos abandonados pelo mundo bruxo, eis que chega aos cinemas, Animais Fantásticos e Onde Habitam, não era um livro como muitos gostariam, tão pouco uma adaptação do livrinho de criaturas mágicas de Newt Scamander, mas sim, uma produção direcionada totalmente para o cinema, com uma narrativa vinda da mente brilhante de Rowling. Com todos os erros e diversos acertos, o filme foi um sucesso, agradou diversos fãs e também foi abandonado pelos saudosistas.


Após dois anos de espera, eis que a continuação chega às telonas, Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald, produção muito aguardada pelos fãs que queriam conhecer mais sobre esta história pincelada nos livros, e nada abordada nos filmes de Harry Potter, pelo lado do fã e da caminhada da narrativa, foi algo sensacional, mas pelo lado cinematográfico, algumas coisas não ficaram tão boas assim.

O ponto mais crucial que prejudica um pouco o filme, é a forma como foi construído o roteiro, por sinal, escrito pela própria J.K Rowling. A autora responsável por sem sombra de duvidas, a obra literária mais importante das últimas décadas, e que muito provavelmente, pelas décadas que virão, está acostumada a escrever livros, romances simplesmente fabulosos, mas por outro ponto, a sua experiência em roteiros é muito pouca, a maneira e divisão de arcos ao se escrever um roteiro, é muito diferente da de um livro, enquanto em uma obra literária você pode usar a quantidade de espaço necessário para contar uma história, concebendo um livro de mais de 700 páginas, como a própria versão brasileira de Harry Potter e a Ordem da Fênix. 

Em um roteiro, o escritor deve se prender a contar uma narrativa em aproximadamente 2h30, no caso de Animais Fantásticos Os Crimes de Grindelwald, 2h14, desta maneira, os atos e reviravoltas do filme devem estar muito bem definidos, cujo contrário pode causar estranheza, cansaço e desinteresse em quem está assistindo, algo que ocorreu comigo. Porém, diferente do que algumas pessoas estão dizendo, uma pequena pesquisa de campo me fez perceber que a segunda parte desta trama agradou muito mais o público geral do que a primeira, trouxe mais interesse e empolgação, fazendo um efeito de colisão entre a opinião da crítica e a desse público geral, algo comum de se acontecer, lembro-me que o no primeiro, a critica agradou mais do que o público, algo completamente diferente do que anda acontecendo.

Claramente, o filme possui problemas e é de extrema importância ter uma opinião mais próxima entre a crítica e o público geral, mas isto nos faz levantar um ponto, até onde J.K Rowling de fato errou? Particularmente ao assistir Os Crimes de Grindelwald, notei que estes arcos não são tão bem divididos ao longo do filme e que em determinada parte faz com que a trama se torne um pouco arrastada, mas esta sensação de desconforto foi mínima em comparação a Animais Fantásticos e Onde Habitam, que apesar de ter o mesmo erro, causa um desconforto maior, mesmo sendo um bom filme.

A atuação de todos os envolvidos está simplesmente perfeita, fazia algum tempo que não via um filme com uma atuação tão impecável, e foi muito gratificante, ainda mais se for levar em conta a minha última experiência de lançamentos (como Venom). Por outro lado, o filme sofre de um problema comum de grandes franquias, não conseguimos nos importar com os novos personagens, e os novos como, Alvo Dumbledore, não é tão novo assim. Claramente é necessário reservar um espaço para falarmos da complexidade dos personagens Dumbledore e Grindelwald, e da atuação simplesmente impecável dos atores envolvidos, complexidade característica de J.K Rowling, afinal, quem se lembra de Snape? Isto faz, sem sombra de dúvidas, que estes personagens roubem a cena quando aparecem e que muita das vezes, até apaguem o personagem principal, ponto que deve ser visto com cuidado nas continuações.

Os efeitos visuais, pelo menos no cinema, estão maravilhosos, melhores do que o anterior. O clima do filme é muito interessante, mesclando um ar cômico em diversas partes, mas sem perder o peso de tudo que está acontecendo, o interessante de reparar, é o nível das coisas que estão debatendo ali, muita das vezes se tornando algo muito sério, denso e adulto, mas sem destoar do resto da narrativa. O clímax do filme não é ruim, e apesar do vilão se mostrar imponente o tempo todo e sem qualquer fraqueza que o traga grandes riscos, creio que tenha sido uma decisão inteligente de engrandecer o personagem, mesmo que haja formas mais sutis de fazer isso.


No geral, é um excelente filme, com uma fotografia linda, com atuações incríveis e com uma profundidade de narrativa muito boa, mesmo que a construção e estrutura de roteiro e montagem comprometam um pouco o longa, mas o que você achou de Animais Fantásticos Os Crimes de Grindelwald? Deixe a sua opinião nos comentários.  


Publicado Por: Luan Souza


About Portal Palas

0 comentários:

Postar um comentário