Filmes e Séries

Quanto custa todos os serviços de streaming juntos?


Quanto custa todos os serviços de streaming juntos?
Quanto custa todos os serviços de streaming juntos?


É engraçado pensar o que as plataformas de streaming se tornaram. Quando elas chegaram, muitos acharam que não iria durar, já que “por que eu deveria pagar por algo que posso ter de graça (por meios ilegais)?”. Entretanto, os streamings possuíam um diferencial, algo não encontrado em nenhum outro lugar, conforto e segurança. Como a própria ciência nos explicou, o ser humano não troca conforto e segurança por outra coisa de forma tão fácil, uma prova disso é, a zona de conforto de cada um de nós. Quantas vezes você já tentou sair da sua zona de conforto? E quantas vezes você conseguiu?... O fato é que, a pergunta mudou, agora é, quanto custa todos os streamings juntos?

Quando falamos de filmes e séries, as plataformas de VOD (video on demand: algo como “vídeos por demanda”), quase sempre se completam, deixando o usuário com um vácuo em algum ponto caso ele não assine algum dos serviços, já que, muitas produções são exclusivas para determinado serviço de streaming, e ainda nem estamos falando de produções originais.


Por exemplo, quem quiser algo mais “cult” terá problemas de achar na Netflix, mas acha no Mubi. Quem quiser assistir aos clássicos da HBO, como Sopranos… Bom, só assinando a HBO mesmo. E por aí vai.

Quanto custa todos os serviços de streaming juntos?


Então, se você quiser ter acesso a todo o conteúdo disponível, essa perguntinha deve estar em pauta, quanto custa todos os serviços de straming juntos?

Netflix: A gigante do streaming é a porta de entrada para quem quer se aventurar no mundo do conteúdo online. Por motivos de direitos autorais, o catálogo de filmes e séries que são exibidos muda de país para país e títulos acabam ficando indisponíveis caso o contrato acabe. Já as produções autorais, que tem crescido cada vez mais, estão sempre lá, a um clique do usuário, como é o caso de Stranger ThingsThe Crown e House of Cards.

O plano básico da Netflix, de apenas uma tela e sem HD, custa R$ 21,90 por mês. O primeiro mês é de graça para experimentar.

HBO Go: Inicialmente, só tinha acesso à HBO Go quem fosse assinante de uma TV a cabo. Isso acabou e, hoje, você pode assistir a um vasto catálogo de (ótimas) produções originais HBO, como Game of ThronesChernobylGreg News e a recém-adicionada Sex and The City, além dos filmes, que muitas vezes foram lançados recentemente.

A HBO Go pode ser ser assinada por R$ 34,90 mensais. O usuário ganha os primeiros sete dias de graça para testar.

Amazon Prime: A Amazon Prime Video não foi um sucesso instantâneo no Brasil. Seu catálogo é bom, mas não é exatamente vasto e apresenta problemas com a disponibilidade de áudios e legendas, como é o caso de Parks and Recreation, que não foi traduzido para o português, ou Blue Jasmine, do Woody Allen, que só tem disponível dublado. Por outro lado, a Amazon Studios tem investido cada vez mais em produções originais, o que faz a plataforma atraente para quem gosta de novidades, como American GodsThe Marvelous Mrs. Maisel e a recém-lançada The Boys, vale ressaltar, todas sucesso de crítica e público.

A Amazon Prime custa R$ 14,90 por mês, mas há uma promoção para os primeiros seis meses, com o valor de R$ 7,90 mensais. Você tem sete dias para testar de graça.

MUBI: O MUBI é um serviço para quem procura filmes considerados “cult” e que gosta de curadoria de conteúdo. Ele disponibiliza apenas 30 filmes por vez, mas deixa a possibilidade de aluguel para alguns outros. A plataforma é perfeita para assistir desde aquele filme grego que você nunca achou uma legenda boa o bastante, ou para ver A Estrada Perdida, do David Lynch, até para assistir obras do Luis Buñuel, por exemplo.

O plano mensal do MUBI custa R$ 27,90. O assinante ganha os sete primeiros dias.

Globo Play: O streaming da Rede Globo traz um catálogo gigante das novelas da emissora, assim como as minisséries e especiais produzidos por ela. Estão disponíveis também séries como The Handmaid’s Tale, Pretty Little Liars e The Killing Eve. Os programas de jornalismo podem ser assistidos de graça.

A assinatura da Globo Play custa ao usuário R$ 19,90 por mês.

Telecine Play: A plataforma não tem conteúdo exclusivo, mas tem um catálogo recheado de lançamentos e filmes para todos os gostos, desde grandes produções, como Bohemian Rhapsody, até filmes de diretores como Jean-Luc Godard e Agnès Varda.

O Telecine Play custa R$ 37,90 por mês. O usuário tem sete dias para experimentar o serviço.

Crushyroll: O Crunchyroll é um serviço de streaming de anime e doramas. A ferramenta é ideal para quem quer assistir às mais diversas produções, sempre com o catálogo atualizado de acordo com que sai no Japão. Os programas são legendados, alguns também dublados, e em alta definição.

Para assinar o Crunchyroll, o assinante paga R$ 25,00 por mês. O usuário ganha 14 dias para teste.

Looke: O Looke é uma plataforma brasileira de streaming de filmes e séries. O serviço oferece títulos diversos em seu catálogo, desde comédias românticas aos filmes de diretores como Federico Fellini. O que vale de verdade a assinatura é a possibilidade de poder assistir aos filmes brasileiros disponíveis na SPcine Play, que só pode ser acessada com o cadastro do Looke. São diversos filmes nacionais ou então selecionados para a mostra de cinema de São Paulo, por exemplo.

O valor para assinar o Vídeo Clube do Looke é de R$ 16,90 mensais.

Streamings de Musica: Para ouvir músicas, hoje temos diversas opções, como o Spotify, Deezer, Youtube Premium, Apple Music (só disponível em dispositivos da Apple), Google Music, Rdio, Tidal e outros. O preço deles fica entre R$ 14,90 e R$ 20,90.

No caso das plataformas de música, o catálogo em si não muda tanto de um serviço para o outro, deixando o Spotify e o Deezer, por exemplo, muito parecidos. O critério de desempate aqui é a exclusividade de alguns conteúdos (como acontece com os streamings de filmes e séries).

Por causa de alguns podcasts exclusivos, escolhemos o Spotify. Custa R$ 16,90 por mês, com os primeiros trinta dias de graça para experimentar. Lembrando que também estamos no Spotify, clique AQUI e assine!

Streamings de Livros: Para quem já adotou os livros digitais, a opção é o Kindle Unlimited, serviço de “streaming de livros da Amazon”, no qual você paga um valor mensal e tem acesso a uma parte grande do catálogo da empresa.

O Kindle Unlimited custa R$ 19,90 mensais. O usuário ganha os trinta primeiros dias para testar (e a Amazon vive realizando promoções).

Quanto custa todos os serviços de streaming juntos?

Para ter acesso a 100% do conteúdo disponível em streaming, você deveria desembolsar o total de R$ 249,00 mensais e, assim, ser assinante de todas as plataformas.



E aí? Você é assinante de alguma plataforma? Pretende assinar todas?



About Portal Palas